Imagine a sua vida sem televisão, geladeira, luz elétrica, rádio e telefone. Itens hoje considerados tão básicos e completamente inseridos em nosso cotidiano que, muitas vezes, sequer refletimos sobre o quanto nos impactam.

Pensando nisso, os curadores Marcello Dantas e Agnaldo Farias trazem ao Museu da Cidade, pavilhão Oca, no Parque Ibirapuera, a partir do dia 5, a mostra “Invento – As revoluções que nos inventaram”, que confere o status de obra artística a importantes criações.

A seleção de aproximadamente 35 obras, quase todas inéditas no Brasil e muitas desenvolvidas especialmente para a exposição, nos faz refletir sobre as mudanças na história do mundo e do homem a partir de suas próprias criações. Um total de 29 artistas abordou esses trabalhos de forma inusitada, na maioria das vezes. Como é o caso do caminhão do mexicano Damian Ortega, que apresenta peças internas e de contorno do veículo, deixando ao observador a tarefa de imaginá-lo como obra acabada.

Dentre as peças mais aguardadas está a guitarra elétrica que o artista plástico pop Andy Warhol personalizou para o grupo norte-americano de rock Velvet Underground. A criação inspirou a capa do disco de estreia da banda, “The Velvet Underground & Nico”, lançado em 1967.

Artistas brasileiros também participam da exposição, entre eles, Jarbas Lopes, que aborda a invenção do carro, conectando dois fuscas a partir de suas rodas. O coletivo O Grivo apresenta um piano automatizado, Renata Lucas traz uma obra que discute a constante vigilância eletrônica e Guto Lacaz expõe um rádio customizado.

thingz.com.br thingz.com.br thingz.com.br

Confira abaixo outros objetos e os nomes que os reinventaram sob o prisma da arte:


· Christian Marclay (Estados Unidos, 1955): telefone

· Coletivo Pharmacopoeia (criado na Inglaterra em 1998): cápsulas de remédio

· Daniel Arsham (Estados Unidos, 1980): telefone

· Guto Lacaz (Brasil, 1948): rádio

· Jim Campbell (Estados Unidos, 1956): lâmpada LED

· Julian Opie (Inglaterra, 1958): celular

· Leandro Erlich (Argentina, 1973): elevador

· Man Ray (Estados Unidos, 1890 – 1976, França): ferro elétrico de passar

· Nazareth Pacheco (Brasil, 1961): aparelho de barbear

· Nelson Leirner (Brasil, 1932): geladeira

· O Grivo (grupo criado no Brasil em 1990): piano automatizado

· Olafur Eliasson (Dinamarca, 1967): energia solar

· Panamarenko (Bélgica, 1940): avião e asa-delta

· Takahiro Iwasaki (Japão, 1975): fita adesiva

· Zilvinas Kempinas (Lituânia, 1969): ventilador

thingz.com.br thingz.com.br thingz.com.br

Serviço: Museu da Cidade – OCA (Pavilhão Lucas Nogueira Garcez). Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº. Dentro do Parque Ibirapuera. Acesso pelo portão 3 (entrada de carro) ou portão 1 (entrada de pedestres). Zona Sul. De 5/8 a 4/10. 3ª a dom., das 9h às 17h. Grátis